Baixar Agora Grátis

Quero Agora

o que é e porquê fazer o SEO?

Tempo de leitura: 6 min
Avatar Of Vjweb@Hotmail.com

Escrito por vjweb@hotmail.com
em 09/11/2022

Compartilhe agora mesmo:

Crescer sem método é um tanto praticamente impossível. Você pode até colher alguns frutos a limitado prazo, mas com o passar do tempo sua empresa simplesmente não se sustenta. Por isso, todo empreendedor precisa de um planejamento estratégico de vendas para crescer!

Essa é uma estratégia que exige estudo, preparação e previsibilidade para que uma equipe de vendas seja eficiente. Sem isso, o empreendedor pode passar por dias difíceis e não ver a sua empresa prosperar.

Porquê evitar isso? Os parceiros da eNotas prepararam esse texto para você poder evitar dores de cabeça. Confira.

O que é planejamento estratégico de vendas?

Um planejamento estratégico de vendas é um documento que faz um direcionamento dos caminhos a se tomar para os melhores resultados.

Geralmente, esse caminho ajuda a saber porquê a equipe de vendas pode gerar mais leads, convertendo mais e até mesmo fidelizando os já clientes.

O planejamento estratégico de vendas deve estar associado à estratégia de marketing de conteúdo de uma empresa, para que a equipe mercantil e o de marketing possam traçar caminhos similares e os leads tenham mais chances de conversão.

Porquê fazer um planejamento estratégico de vendas?

Porquê você já leu, para crescer, é preciso estudo, preparação e previsibilidade. Mas, porquê fazer um planejamento estratégico que possa compreender isso?

Esse passo a passo ajudará:

  1. Alinhamento e estudo dos dados já existentes;
  2. Reconhecimento de cenário e de cliente;
  3. Definição de objetivo;
  4. Mapeamento dos recursos necessários;
  5. Definição de um fluxo;
  6. Mandamento de indicadores;
  7. Implementação do planejamento estratégico de vendas;
  8. Séquito.

Confira passo a passo:

1. Alinhamento e estudo dos dados já existentes

Para estrear a ter um planejamento estratégico de vendas, é preciso saber o que a empresa quer de vestuário e alinhar com todos os times.

Mais do que isso, é necessário estudar os dados que já se possui em mesa: qual o faturamento anual da empresa? O que é vendido mais? Quantos clientes estão em sua base? Existe sazonalidade?

Tudo isso deve ser repassado aos principais gestores envolvidos no planejamento estratégico de vendas para que todos saibam exatamente o que a empresa tem e pode ser usado a seu obséquio.

2. Reconhecimento de cenário e de cliente

Com as informações coletadas no passo anterior, você e sua equipe poderão traçar quais são os cenários: será um ano de subida demanda? Quais são as expectativas do mercado para o seu nicho?

Cá, você poderá ser realista, pessimista ou otimista quanto às expectativas.

Outro fator que pesa para essa estudo é o público. E você precisa entender porquê ele se comporta e porquê a sua equipe de vendas pode superar certos obstáculos com ele.

3. Definição de objetivo

Sabendo o cenário e com todas as informações, você poderá estabelecer metas e objetivos. É fundamental que elas sejam mensuráveis, alcançáveis e que todos saibam o que devem fazer para batê-las.

Um bom jeito de saber se as metas e os objetivos são realistas, é uma estudo SMART: se ela é Específica (S), Mensurável (M), Atingível (A), Relevante (R) e Temporal (T).

Com essa estudo, você e sua equipe poderão entender se tudo está simples para todos.

4. Mapeamento dos recursos necessários

Partindo do princípio que todos os objetivos estão claros e todos saibam exatamente o que fazer, será necessário viabilizar tudo isso. Nessa hora, entram os recursos e a sua emprego estratégica.

Nesse caso, é o estudo do que as equipes comerciais precisarão para obter seus objetivos, sejam ferramentas de vendas na internetatendimento ao cliente ou até mesmo mão de obra especializada.

Será necessário também treinamentos, compras de materiais, insumos e equipamentos que possam servir para equipes presenciais.

5. Definição de um fluxo

É simples que, mesmo com recursos e tudo mais simples para todos envolvidos no planejamento estratégico, será necessário orientações.

A definição de fluxo ou mesmo um cronograma passa por entender porquê as coisas funcionarão para o planejamento estratégico funcionar.

Para isso, muitas empresas adotam plataformas de CRM de vendas e outros softwares, porquê ERPs, para convergir informações e tornar a vida da equipe mais fácil.

6. Mandamento de indicadores

Um objetivo só é conseguido se muito metrificado para poder potencializar o seu propagação e mapear as oportunidades de melhoria.

Por isso, é fundamental que a equipe tenha indicadores de venda para escoltar. Elas podem ser divididas em semestres, trimestres e até meses. O mais importante é que o comitiva seja de perto e poder gerar oportunidades de melhorias e evitar erros.

7. Implementação do planejamento estratégico de vendas

Essa é a secção em que toda a empresa conhece o planejamento estratégico de vendas. Portanto, é a hora em que tudo é detalhado na apresentação e que as pessoas possam opinar sobre ele e tirar dúvidas.

Vendedores, líderes e outros times para além do mercantil precisam estar alinhadas e saber exatamente o que precisam fazer naquele período.

8. Séquito

Ainda que seja o último passo, ele é presente em todo o processo de concepção e implementação do planejamento estratégico.

O comitiva é realizado pelas métricas, mas também com reuniões de equipes e feedbacks para que possam ser encontradas oportunidades e contornados problemas no dia a dia.

Dicas para fazer um planejamento estratégico de vendas

Você já viu algumas dicas de porquê fazer um planejamento estratégico de vendas e elas são as mais fundamentais.

Outras dicas podem ser postas em prática para que seu projecto seja verdadeiramente eficiente:

  • Para cada projeto, defina um proprietário. Sem isso, não haverá um responsável pelas métricas e suas melhorias;
  • Mais do que medir cada resultado, entenda o que proporcionou aquele índice para ser evitado, em caso negativo, ou replicado, se positivo;
  • Suas metas precisam ser claras: descrever objetivos subjetivos pode ser um tanto inalcançável para uma equipe por simplesmente não subsistir um jeito de medir e acompanhá-las;
  • Sempre acompanhe o comportamento do mercado e de fatores internos para estimar seus resultados.

Vantagens da instrumento para seu negócio

A maior vantagem de um planejamento estratégico é o propagação saudável da empresa. Mas é simples que existem outros.

Porquê, por exemplo, os processos são mais eficientes, justamente porque tudo é mensurado, estudado e controlado.

A mensuração é outra vantagem. Isso porque o comitiva permite entender cada pormenor de sua empresa.

Por término, isso poderá gerar mais valor a sua empresa: seus funcionários terão uma imagem mais clara do que ela faz por eles, por exemplo. Sem falar que os clientes poderão ter produtos melhores à sua disposição.

Tudo isso será realizado com processos eficientes e sistemas que serão a ponte para o planejamento estratégico de vendas e seu resultado.

Sistemas com APIs inteligentes, ERPs que possam integrar informações e emissores de notas que agilizarão o processo fiscal, são exemplos de plataformas assim.

Por isso que você pode saber melhor a eNotas e testar o que eles podem fazer não só para o seu processo fiscal, mas porquê todo o planejamento estratégico de vendas!

FONTE: formulanegocioonline.com

Compartilhe agora mesmo:

Fique tranquilo, 100% livre de spam.

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade